05 dezembro, 2011

Blog entrevista Roberto sobre o tema piscicultura em gaiolas

ENTREVISTA

   
( Primeira parte )

Blog. O que é piscicultura em gaiolas?
Roberto - Trata-se de um dos cultivos que vem crescendo bastante. Consiste na criação de peixes em recintos pequenos com grande quantidade de estocagem, chegando a alcançar uma produção de 200.000 kg/ha/ano. As suas principais vantagens são: produção elevada; facilidade de despesca; tecnologia barata e simples; aproveitamento dos recursos hídricos represados; facilidade de observação dos peixes e grande estocagem de peixes em espaço relativamente pequenos.

Blog. Explique como são essas gaiolas?
Roberto - Bem, gaiolas são estruturas flutuantes na água, de vários tamanhos e formas geométricas, delimitadas por telas ou redes, que permitem o confinamento de peixes com fins lucrativos ou apenas para o consumo próprio. As gaiolas quadradas são as mais utilizadas pelos os produtores.

Blog. Qual o tamanho dos peixes para se dar início ao cultivo?
Roberto - Bem, existem dois tipos de alevinos disponíveis no mercado: alevino 1 e alevino 2.
Os alevinos tipo 1 tem aproximadamente um grama, são estocados em berçários por 60 dias quando alcançam o tamanho de estocagem para as gaiolas. Os alevinos tipo 2 pesam em média 40 gramas e são estocados diretamente nas gaiolas.

Blog. Quantos peixes posso colocar numa gaiola até a despesca?
Roberto - Dentro de uma gaiola padrão ( 2,0 x 2,0 x 1,2 m ), recomenda-se colocar até 800 peixes ou seja 200 peixes por metro quadrado.

Blog. Qual o melhor peixe a ser criado em gaiolas?
Roberto - A tilápia do Nilo é a espécie que tem apresentado os melhores resultados para as nossas condições. Notadamente a tilápia melhorada na Tailândia. Mas vale salientar, que apenas os machos devam ser cultivados, pois eles crescem bem e dão mais lucro, consequentemente.

Continua . . .

Nenhum comentário:

Postar um comentário